Capa

Bianchini Rally

Maurício Fernandes segue líder na categoria Moto Over e Sertões chega ao Maranhão, nesta quinta (5)

Os sete pilotos de motos e seis UTVs da Bianchini Rally/Power Husky completam a quarta etapa. Nos UTVs, Richard Fliter/André Munhoz fecham entre os Top5 mais rápidos da geral dos UTVs(4)

05.11.2020  |  575 visualizações

Todos os pilotos e navegadores da Bianchini Rally/Power Husky – são sete motos e seis UTVs - completaram com êxito a quarta etapa, entre Campos Belos/GO e Palmas/TO, na quarta-feira (4). Maurício Fernandes #49 (Husqvarna FE 450) fez a prova em 4h25min50seg, segundo melhor tempo do dia na categoria, resultado que manteve o piloto na liderança da Moto Over. Richard Fliter/André Munhoz #221 foram a terceira melhor dupla na UTV 1 (04h14min47seg) e estão em 4º na acumulada da geral. Nesta quinta (5), o Sertões vai passar pelo Jalapão (TO) e chega a Carolina, no Maranhão.

Maurício Fernandes disputa seu oitavo Sertões e comentou sobre a etapa: “Foi um dos dias mais longos, mas foi legal. O pneu sofreu, teve muita tração, mas a moto foi bem. Amanhã tem mais!”. A Especial foi tão prazerosa para os pilotos, que teve gente querendo até repetir mais 300 quilômetros: “Muito legal, estava divertido. Tinha todo tipo de terreno: retão, travado, pedra, erosão... Faria tudo de novo!”, comenta o estreante Guto Bogo #47 (Husqvarna FE 501), que largou em último e ultrapassou 16 motos; ele ficou em 5º na Moto Over.

Outro estreante no Sertões, Vinícius Rodrigues #36 (Honda CRF 250F) aproveita para se adaptar etapa após etapa: “Estou aprendendo um pouquinho a cada dia, estou me sentindo confortável na corrida”. Rodrigues fez o 7º melhor tempo na Brasil.

Além dos três, mais quatro pilotos competiram nas motos pela equipe: na Moto 1, André Guerra #46 (Husqvarna 501) fez o 7º tempo; Rodrigo Montemor #39 (Husqvarna FE 450), pela Moto 2, ficou em 10º; já o frânces Olivier Anquier #74 (Husqvarna FE 350) foi o 11º na Moto Over. “Dia cansativo, mas foi muito prazeroso”, ressalta Anquier que completou toda as etapas até aqui.

Marcos Colvero #42 (Husqvarna FE 501) - 8º na Moto Over – mostrou que  superação tem sido o lema neste Sertões. Após sofrer uma queda e se rolar por 5 metros em uma ribanceira no primeiro dia, retorno à prova na quarta etapa e mesmo com dores e algumas limitações completou a dura e longa Especial até Palmas

Seis duplas de UTV seguem guerreiras - A dupla Gustavo Zanforlin/Rodolpho Costa #254 está na vice-liderança da UTV 3 após o resultado desta quarta (4), quando fizeram o 4º melhor tempo da categoria: 4h27min54seg. “Especial muito divertida, cheia de trechos de alta e alguns mais sinuosos. Tivemos uma postura mais conservadora para poupar nosso carro e ir até o final”, explica o piloto Zanforlin, que estreia no Sertões.

Em sua 9ª participação no rali, o uruguaio Javier Fernandez #234 faz dupla com Marcos Finato ficou em segundo na Over 45 (04h22min29seg) nesta quarta etapa. “Boa etapa. Trechos velozes, como eu mais gosto. Foi divertida essa Especial”, diz o piloto de Montevidéu, que é o estrangeiro com mais participações no Sertões: tem oito no currículo (carros, motos, quadris e UTV) “Fizemos um ajuste no setup da suspensão ontem (3), o que nos ajudou a melhorar bastante nosso desempenho e o resultado positivo veio”, conta o navegador Finato.

Ainda na Over 45: Moses Fliter / Guilherme Holanda #250 e Daniel Ribeiro / Sano Chermont #263; 11º e 12º nos resultados do dia na categoria, respectivamente. “Está muito bacana esse Sertões. Meu navegador e eu estamos caprichando e cuidando para poupar equipamento para a final”, diz o piloto Moses, que participa pela terceira vez da prova. Já Everson Lopes/Roberto Machado #261 fecharam o dia em 11º na UT3.

O Sertões vai até sábado (7), quando chega a Barreirinhas, no Maranhão. O maior rali das Américas já passou por SP, MG, GO e TO. Em uma Especial de 227 quilômetros, os pilotos saem de Tocantins e vão rumo ao Maranhão nesta quinta (5).

Mais informações sobre a equipe: www.bianchinirally.com.br, Facebook @equipebianchinirally e Instagram @bianchinirally.

A Bianchini Rally/Power Husky, com sede em Barueri/SP, tem parceria com a Power Husky/Husqvarna Brasil, patrocínio da ROCK, Shiro e Borilli Racing e apoio da Óculos 100%, O Mundo de Maria, Bull Sertões, Vedacit, Rede Petrolam, STR Motos, Hupi e Top Gain.

MOTOS – 4ª ETAPA (EXTRAOFICIAL)

Categoria OVER 45
1º Leandro Mokfa – 04:25:39

2º Maurício Fernandes #49 – 04:25:50
3º Osmar Shimosaka – 04:28:48

Geral UTVs
1º Rodrigo Varela/Gunnar Dums – 04:01:45
2º Denisio Casarini/Ivo Mayer – 04:04:01
3º Guilherme Benchimol/Daniel Spolidorio – 04:12:39
4º Marcelo Tomasoni/Breno Resende – 04:12:46
5º Richard Fliter/André Munhoz – 04:14:47 (1º UT1)

Resultado Acumulado APÓS 4ª ETAPA – (EXTRAOFICIAL)

Motos
Categoria OVER 45
1º Maurício Fernandes #49 – 14:33:16

Geral UTVs
1º Rodrigo Varela/Gunnar Dums – 13:25:00

2º Denisio Casarini/Ivo Mayer – 13:30:21
3º Rodrigo Luppi/ Maykel Justo – 13:45:17
4º Richard Fliter/André Munhoz – 13:51:13

Resultados completos no: https://resultados.sertoes.com/

Roteiro 28º Sertões

5/11/2020 - quinta-feira
5ª etapa - Bolha 4 / TO a Bolha 5 / MA
Deslocamento inicial: 99 km
Trecho especial: 227 km

Deslocamento final: 284 km
Total: 610 km
Apesar dos km iniciais travados, a especial imprime altas velocidades em um trecho de areia, ao lado de uma plantação de eucaliptos. O terreno arenoso fica bem mais pesado até a metade do trajeto, quando assume as características do Jalapão, no Tocantins. Os competidores encerram a especial em terreno de piçarra, onde poderão atingir altas velocidades e sentir o prazer da pilotagem. 
  
6/11/2020 - sexta-feira
6ª etapa - Bolha 5 / MA a Bolha 6 / MA
Deslocamento inicial: 128 km

Trecho especial: 300 km
Deslocamento final: 313 km
Total: 741 km
A especial já começa com belas paisagens, por estradas de médias velocidades que vão ficando cada vez mais estreitas e travadas. A partir da metade, o trajeto fica mais rápido, com lombas e depressões. Haverá dois trechos com retas muito longas, de altíssimas velocidades, em terreno de piçarra. No final, será preciso mais atenção para completar a especial em trechos arenosos. 


7/11/2020 - sábado
7ª etapa - Bolha 6 / MA a Barreirinhas (MA)
Deslocamento inicial: 258 km

Trecho especial: 223 km
Deslocamento final: 34 km
Total: 515 km
A organização do Sertões promete deixar a melhor especial para o final. Com prova na areia, a navegação fará toda a diferença. Após um começo travado em piçarras, o trecho fica arenoso à medida que cruza pequenos riachos, os quais estarão secos na época da prova. Após o abastecimento, praticamente na metade da especial, as dificuldades serão extremas por conta da areia e da parte final com navegação por GPS em dunas. Com muitos way points a serem cobertos, qualquer erro pode ser fatal. O final em Barreirinhas promete ser apoteótico, a imagem a ser gravada nas memórias dos participantes. Chegar ao final do Sertões 2020 já será uma grande vitória. 

Informações para imprensa:
MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki – 11 99705-7720 / mercia.suzuki11@gmail.com
Gabriel Tieppo – 11 99798-5484 / gabrielmtieppo@gmail.com
www.msuzukicom.com.br

Leia também...
10.11.2020

Maurício Fernandes leva o título na Moto Over em seu retorno ao grid. Estreante Gustavo Zanforlin e o navegador Rodolpho Costa são campeões na UTV 3. Pódios ainda para André Guerra que conquista o 5º lugar na Moto 1 e Richard Fliter/André Munhoz terminam o rali em três rodas e no 3o lugar na UT1

06.11.2020

Maurício Fernandes vence a 5ª etapa na Moto Over. Todos competidores da equipe (sete motos e seis UTVs) completaram a Especial, o dia terminou em Carolina/MA. Devido às condições climáticas, a penúltima etapa, desta sexta-feira, foi cancelada

03.11.2020

Bianchini Rally/Power Husky passa pela primeira parte da etapa Maratona e chega a Minaçu (GO). Especial teve chuva, lama, trechos sinuosos e travessia do Rio Bagagem. Nesta terça (3) mais Maratona

01.11.2020

Os pilotos da Bianchini Rally/Power Husky ficaram em 2º e 3º respectivamente. Nos UTVs, Richard Fliter/André Munhoz e Gustavo Zanforlin/Rodolpho Costa têm bom início