Capa

Território Motorsport

SARR: Luppi/Justo conquistam a 2º vitória no rali argentino e encaram etapa maratona nesta quinta

Entre os desafios dos brasileiros nesta 6ª etapa estão dunas, trechos sinuosos e pedras, em dia no qual não é permitido apoio mecânico e cruzará Santa Maria, Andalgala e Catarmarca

25.02.2021  |  599 visualizações

Santa Maria (ARG), 25 de fevereiro de 2021 – Após a terça-feira de descanso, Rodrigo Luppi/Maykel Justo #207 (categoria T3.1), retornaram com tudo para a 5ª etapa do South American Rally Race - SARR, na Argentina, e venceram na geral no trecho cronometrado entre Salta e Santa Maria. Esta é a segunda vitória da dupla brasileira que é vice-líder nos UTVs. Bruno Conti/Filipe Bianchini #256 completam em 2º na T3.2 e 8º na geral e seguem na liderança da categoria. Já Edu Piano/Solon Mendes #214 (T3.1) que vinham em ritmo forte, tiveram um incidente na saída de uma curva que danificou o UTV faltando 10km para o final. As duplas da Território Motorsport enfrentam nesta quinta-feira a 6ª etapa e, ainda, Maratona, na qual não é permitido apoio mecânico, por isso, e a ordem do dia é poupar equipamento, sem deixar de ser competitivo.

Com o resultado da 5ª etapa, a dupla Luppi/Justo diminuiu a diferença com os líderes da geral e estão, agora a 15min40s. ‘Mais uma vez fomos os mais rápidos do dia e baixamos cerca de 9min em relação ao dia anterior. Foco total em busca do primeiro lugar”, afirma o navegador Justo (Taubaté/SP), que tem no currículo 10 participações no Dakar e conhece bem vários trechos do rali argentino, quando o maior rali do mundo era realizado na América do Sul. “Andamos bem e não cometemos erros e principalmente na segunda Especial do dia, o Maykel mais uma vez uma ótima navegação e acertou pontos cruciais que nos deu vantagem e vencemos a etapa. Agora, vamos largar na frente e tentar abrir num bom ritmo, pois temos dois dias decisivos e, ainda de etapa Maratona”, completa o piloto Luppi (Vinhedo/SP). O SARR termina no sábado em San Juan.

Líder da categoria T3.2, há três etapas, Bruno Conti, o filho de Luppi, sabe que tem de manter a liderança e não pode cometer erros nesta reta final do rali. “Estou tranquilo acima de tudo, vim para conhecer o rali, que é demais e está sendo uma oportunidade única de aprendizado porque não tem dia fácil aqui. Tento focar apenas na minha prova e hoje será um dia longo, muito duro, temos de manter nosso ritmo”, explica o jovem piloto. “Estou adorando esse rali com Especiais excelentes, assim como a organização. Todo dia é um desafio pior do que outro, diferente de tudo que estamos acostumados a andar no Brasil, é nível Dakar”, diz o navegador Bianchini (Brasília/DF) que assim como Conti faz sua estreia na prova.

Já os multicampeões brasileiros de rali Piano e Mendes, que fazem a segunda participação no SARR, não tiveram um dia fácil. Após largarem em 6º na geral e tendo feito várias ultrapassagens - já estavam próximos de Luppi/Justo - uma pedra gigante estragou os planos da dupla no final da Especial. “A gente vinha vindo muito rápido quando fiz a curva e não dava para enxergar essa pedra dentro do leito do rio seco, onde já havia um piloto de acidentado de quadriciclo, tirei a frente mas pegou a traseira e arrancou a suspensão”, conta Piano (Tatuí/SP). E o navegador Mendes (Fortaleza/CE) completa: “Para terem uma ideia, a pedra era do tamanho de um pneu, dois homens quase não conseguem tirá-la para fora da estrada, mas não tínhamos visão”. Com isso a dupla caiu da 6º para a 10º posição na geral no resultado acumulado.

Os únicos brasileiros da disputa seguem desbravando o deserto argentino e cruzando três províncias – La Rioja, Salta e Catamarca. A prova termina neste sábado, 27. Largaram na sexta-feira passada (19), 85 veículos e 130 competidores de 11 países, nas motos, quadriciclos, UTVs. Mais informações e resultados completos no https://www.sarr2021.com/resultados/

Equipe multicampeã- Com 21 anos, a Território Motorsport é uma das equipes mais tradicionais no Rally Cross Country brasileiro, com sede em Tatuí (SP). Chefiada pelo piloto Edu Piano (oito vezes campeão do Rally dos Sertões: um na geral dos carros, seis nos caminhões e um nos UTVs), durante 12 temporadas (2002 a 2014) a equipe representou a Ford Racing Trucks/ Território Motorsport e conquistou oito títulos no Caminhões no Sertões. Entre 2011 e 2014, a equipe foi a oficial da Troller na competição. Com a Troller Racing/Território Motorsport, o time sagrou-se bicampeão da prova na Production T2. A partir de 2016, Piano passou a desenvolver UTVs (Can-Am Maverick X3) para competição e, desde então, a equipe disputa os Campeonatos Brasileiros de Rally Baja e Rally Cross Country, além do Sertões e provas internacionais. Em 2020 foi a vez de Rodrigo Luppi/Mayel Justo conquistarem o título do Sertões, a dupla foi Campeã na UTV 2. Já na Mitsubishi Cup, a Território Motorsport tem quatro títulos com Piano, sendo o último em 2019, com o navegador Fausto Dallape, na categoria L200 Triton Sport R.

A Território Motorsport conta patrocínio da Petróleo Minuano, Usina Canabrava e apoio da General Tire.  Mais informações: www.territoriomotorsport.com.br, Facebook: @territoriomotorsport4x4, Instagram: @territoriomotorsport e Twitter @territorio4x4.

Resultado Etapa 5 (Salta/Santa Maria) – 24/2

Geral UTVs
1
) Rodrigo Luppi/Maykel Justo – 4h54m37s (1º T3.1)
2) Nicolas Zingoni/Fernando Acosta –5h02m35s

3) Jeremias Ferioli/ Gonzalo Rinaldi – 5h06m13s
4) Frederico Echegay/Lisando Sisterna – 5h07m57s
5) Gabriel Rodrigues/Santiago La Veja –4h20m38s
8) Bruno Conti/Filipe Bianchini – 5h16m50s (2º T3.2)

Resultado Acumulado Geral UTVs e T3.1 (após cinco etapas)
1) Nicolas Zingoni/Fernando Acosta – 26h51m04s

2) Rodrigo Luppi/Maykel Justo – 27h06m36s
3) Jeremias Ferioli/ Gonzalo Rinaldi – 27h52m36s
4) Frederico Echegaray/Lisando Sisterna – 29h06m03s
5) Gabriel Rodrigues/Santiago La Veja - 29h38m05s
10) Edu Piano/Solon Mendes – 44h28m59s

Resultado Acumulado cat. T3.2 (Cinco primeiros)
1) Bruno Conti/Filipe Bianchini – 30h28m02s
2) Rafael Sendra/Fernando Martinez – 30h56m11s
3) Nico Stratico/Tomas Rodrigues – 31h53m22s
4) Roberto Troyano/Raul Aguilar –32h29m04s
5) Walter Menes/Fabian Martin – 41h54m33s

Roteiro 2º South American Rally Race (17 a 27/2) - Argentina

25/2 - Etapa 6 (quinta) – Santa Maria/Catamarca (MARATONA)
Total 430 km/ 270 km de Especial/ 160 km Deslocamento
26/2 - Etapa 7 (sexta) – Catamarca/La Rioja
Total 400 km/ 300 km Especial/ 130 km Deslocamento
27/2 - Etapa 8 (sábado) – La Rioja/La Rioja
Total 300 km/ 170 km Especial/ 130 km Deslocamento

Assessoria de Imprensa – Equipe Território Motorsport
MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki – 11 99705-7720 / mercia.suzuki11@gmail.com
Facebook: @msuzukicomunicacao/ Instagram: @msuzukicomunicacao
www.msuzukicom.com.br

 

Leia também...
19.06.2021

Após três etapas, os goianos Lélio Júnior/Weberth Moreira são vice-líderes na UT3 no acumulado. Bruno Conti/Fausto Dallape mantêm a liderança na UXT. Último etapa larga em São Félix (TO) rumo a Luís Eduardo Magalhães (BA)

17.06.2021

Com o 2º dia em São Félix (TO) concluído, Lélio Júnior/Weberth Moreira (UT3), Roberto Keller/Flavio Bisi (UT2) e Bruno Conti/Fausto Dallape (UTX) chegam a metade do Rally Jalapão/Sertões Series

16.06.2021

Lélio Júnior/Weberth Moreira fecham em 3º na UT3, Roberto Keller/Flavio Bisi em 8º na UT2 e Bruno Conti/Fausto Dallape chegam em 2º na UXT

15.06.2021

Equipe de Tatuí (SP) está pronta para encarar os mais de 1.400 km entre Bahia e Tocantins. Três duplas de UTVs vão acelerar na prova de abertura do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e do Sertões Series