Capa

Bianchini Rally

Bianchini Rally finaliza Rally RN1500 com três pódios

Foram quatro dias de disputas acirradas pelo sertão e litoral da Paraíba e Rio Grande do Norte. A prova foi válida pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. Próximo desafio da equipe será o Sertões

05.07.2021  |  810 visualizações

Mais uma prova do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country concluída com êxito pela Bianchini Rally, com o 23º Rally RN1500 encerrado no último fim de semana, em São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte. Após percorrer aproximadamente 1.000 quilômetros, durante quatro dias, a equipe conquistou três pódios. O piloto Maxwell Fernandes #11 (KTM 450) finalizou o rali em 3º na Moto 3 e 21º na geral e, nos UTVs, Richard Fliter/André Munhoz #105 por pouco não terminaram entre os Top5 da geral, a dupla fechou em 4º na disputada categoria UT1 e 6º na geral. E Zé Hélio/Ramon Sacilotti #312, que competiram a prova levando o nome da equipe, foram os campeões na geral dos carros e na categoria Open, a bordo de um Buggy V8.

Gustavo Zanforlin/Marcos Panstein #127 vinham brigando pelo pódio, mas um problema na suspensão no 3º dia rali prejudicou o resultado da dupla e terminaram em 6º na UT2 e 11º na geral. Após vencerem as 1ª e 2ª etapas na UOV, a dupla Marcos Finato/Guilherme Holanda #135 perdeu a liderança devido a uma quebra a 8 quilômetros do final da penúltima Especial, o resultado tirou as chances do título e finalizou em 9º na categoria. Já Marcos Baumgart/Marcos Colvero #163, que formaram dupla pela primeira vez, enfrentaram problemas e acabaram não concluindo dois dias de prova e encerram em 6º na UT1.

No sábado (3), a 4ª Etapa que ligou Assu a São Miguel do Gostoso, com uma Especial (trecho cronometrado) de 163 quilômetros, finalizou entre dunas e à beira-mar, em meio a lindas paisagens do litoral potiguar. Os resultados da equipe foram: Fernandes em 2º na Moto 3 (2h46m04s) e 14º na geral; Fliter/Munhoz em 3º na UT1 e 10º na geral (2h27m23s), Zanforlin/Panstein em 6º na UT2 e 8º na geral (2h26m53s). Já as duplas Finato/Holanda não completou e Baumgart/Colvero não largou.

Foram 100 veículos no grid, dos quais 37 motos, 55 UTVs e oito carros. O roteiro em meio ao sertão, cerrado e litoral da Paraíba e Rio Grande do Norte, agradou mais uma vez os competidores pelo nível técnico e variações de terreno, sobretudo muitas pedras, erosões, trial, areia e dunas, no último dia, que exigiram técnica e habilidade de pilotos e navegadores e resistência e durabilidade dos equipamentos.

“O RN1500 é uma das provas mais fantásticas do Campeonato Brasileiro e atrai competidores pelo nível técnico e os tipos mais variados terrenos, por isso, conquistar um pódio é muito gratificante. Todos estão de parabéns e apesar de alguns incidentes se divertiram e foi um rali importante também para ajustes e treino para o Sertões (13 a 22/8), que está logo aí. A partir de agora, a equipe está com foco total na prova”, ressalta Fabrício Bianchini, que desta vez não competiu. O piloto foi campeão do RN1500 em 2018, na Protótipos T1 com um T-Rex, e criou a equipe em 2005 e, desde então, é um dos times mais tradicionais do Sertões e já levou 35 pilotos ao pódio

Os campeões da 23ª edição do Rally RN1500 foram: Adrien Metge (Motos), Bruno Varela/Ivo Mayer (UTVs) e Zé Hélio/Ramon Sacilotti (Carros). Os resultados completos da 4ª e última etapa podem ser acessados aqui http://chronosat.com.br/res/race_ss.php?mod=3&ss=4 e os resultado final do rali no acumulado http://chronosat.com.br/res/race.php?mod=3

A Bianchini Rally/Power Husky, com sede em Alphaville/Barueri, tem patrocínio da Rock, Army, Borilli Racing e apoio da Hupi, McDonald Pelz, O Mundo de Maria, Bull Sertões, Vedacit, XRally Team, Máfia do Rally e Petrolam. Mais informações: www.bianchinirally.com.br, Facebook @equipebianchinirally e Instagram @bianchinirally

Aspas de alguns pilotos e navegadores sobre o rali:

Maxwell Fernandes (São Caetano do Sul/SP): “Fiquei feliz com o resultado foi uma prova muito técnica e divertida. O pódio é para os sobreviventes. Esse foi meu segundo RN1500 e o primeiro com a Bianchini Rally. Fui muito bem recebido e atendido pela equipe, em especial pelo Xamusca que todo os dias deixou minha moto pronta para a largada.”

Gustavo Zanforlin (Barueri/SP): “Foi uma prova muito boa e, apesar de não termos subido ao pódio, o resultado foi positivo. Uma pena que a quebra da suspensão no 3º dia atrapalhou um ótimo resultado que poderia ter vindo. Mas, agora, vamos para o Sertões.”

André Munhoz (São Bento do Sul/SC): “De um modo geral foi um resultado bom (6º na geral), pois nos dois últimos dias nosso UTV entrava no modo de segurança e não podíamos acelerar tudo que dava. Mas a prova foi sensacional, as Especiais muito boas e a chegada na praia foi demais.”

Marcos Finato (Barueri/SP): “No último dia tivemos problemas com os pneus logo no início e tivemos de abandonar a prova, foi uma pena não chegar nas dunas e na faixa do litoral. Mas foi um rali muito bacana, o entrosamento com meu navegador está fantástico, foi essencial para colher informações e preparar o UTV para o Sertões. Nos divertimos também, mas a diversão maior vem aí, o Sertões, em agosto.”

Resultado Final Rally RN1500 (após quatro etapas) - 3/7

Categoria Moto 3 – 5 primeiros
1) Gabriel Bruning, 11h38m54s
2) Francisco Forbes, 12h52m24s
3) Maxwell Fernandes, 13h12m55s (21º geral)
4) Misael Amariz, 13h13m15s
5) Ypiranga Cortez, 13h15m04s

Geral UTVs
1) Bruno Varela / Ivo Mayer, 10h54m06s  (1º UT1)
2) Reinaldo Varela / Gunnar Dums, 10h56m58s (1º UOP)
3) Denísio do Nascimento / Idali Bose, 10h59m24s (2º UT1)
4)João Valentim / Breno Rezende, 11h02m18s (3º UT1)
5) John Monteath / Paulo Medina, 11h12m33s (1º UT2)
6) Richard Fliter / André Munhoz, 11h17m05s (4º UT1)
7) Fabio Ruediger/Humberto Ribeiro, 11h17m44s (2º UT2)
8) Gabriel Cestari / Jhonatan Artigo, 11h19m46s (3º UT2)
9) Tomas Luza/Robson Schuinka, 11h20m56s (4º UT2)
10) Fabio Pirondi/Marcelo Ritter, 11h21m19s (5º UT2)
11) Gustavo Zanforlin/Marcos Panstein, 11h28m15s (6º UT2)
47) Marcos Finato/Guilherme Holanda, 17h28n21s (9º UOV)
53) Marcos Baumgart/Marcos Colvero, 33h15m31s (6º UT1)

Geral Carros – 3 primeiros
1) Zé Hélio/Ramon Sacilotti, 10h51m06 (1º Open)

2) Marcelo Gastaldi/Cadu Sachs, 13h07m04s (2º Open)
3) Carlos Ambrósio/Daniel Spolidorio, 14h07m56s (3º Open)

MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki
11 99705-7720/  
mercia.suzuki11@gmail.com
Facebook e Instagram l @msuzukicomunicacao
www.msuzukicom.com.br

Leia também...
26.07.2021

Quase 20 anos depois de se conhecerem em um incidente no Sertões, quando ambos competiam nas motos, agora, os amigos Terpins e Bianchini estarão juntos de 13 a 22/8, no maior rali das Américas

03.07.2021

Penúltimo dia do rali foi de superações e de dificuldade em uma Especial técnica e cheia de pedras, erosões e desafios. Para a 4ª etapa, dunas, litoral e chegada em São Miguel do Gostoso

01.07.2021

Equipe completa a 2ª etapa e chega nesta quinta-feira a Parelhas. Marcos Finato/Guilherme Holanda mantêm liderança na UTV Over 45, após dois dias de disputas

30.06.2021

Na UT1 Richard Fliter/André Munhoz fecham em 5º (7º geral), Gustavo Zanforlin/ Marcos Panstein em 2º na UT2 (8º geral). Motos e UTVs da Bianchini Rally completam a primeira etapa que teve largada e chegada em Campina Grande