Capa

Bianchini Rally

Sertões: Após seis etapas, Michel Terpins e Fabrício Bianchini seguem vice-líderes na T1 Brasil

Os competidores da Bianchini Rally foram guerreiros e completaram as duas partes da etapa Maratona. Após seis diasi Colvero é o 5º na Moto 1, Andujar segue vice-líder dos quadris e Zanforlin/Munhoz estão em 4º posição na UT2. Rali chega a Alagoas nesta sexta-feira

20.08.2021  |  568 visualizações

E agora faltam apenas três etapas para o término do maior rali das Américas. Quem sobreviveu até aqui pode estar com o “passaporte carimbado” para a cruzar a rampa de chegada, neste domingo, no litoral pernambucano, em Carneiros (Tamandaré). Passar pelos dois dias de etapa Maratona (não é permitido apoio mecânico externo), não foi tarefa fácil, mas os guerreiros da Bianchini Rally se superaram e chegaram a Petrolina/PE, na quinta-feira. Michel Terpins/Fabrício Bianchini #322 andaram forte e dosando cautela e estratégia fecharam a 6ª etapa – segunda perna da etapa Maratona - com o 2º melhor tempo da T1 Brasil (4h14m36s) e foram 8º na geral.

“Está sendo um rali técnico, muito duro mas prazeroso. A navegação não dá folga do início ao fim da Especial e estar na vice-liderança da T1 Brasil é um bom resultado até aqui, pois é uma categoria bem competitiva”, diz Bianchini, experiente piloto que está em sua 21ª participação, mas que nesta edição esta no comando da navegação. “Este rali não adianta apenas acelerar, precisamos ter cabeça também, é uma das edições mais exigentes que já participei e estamos gostando muito de tudo isso, agora estamos entrando quase na reta final e não podemos vacilar”, completa Terpins, que pilota uma Ford Ranger, preparada pela XRally Team e está em seu 11º Sertões.

Motos, quadris e UTVs - O piloto de Sorriso (MT), Cristhiano Pressi (Husqvarna FE450) #11, completou em 9º na Moto 3 (4h38m26s) e está em 9º na classificação acumulada da categoria. Já gaúcho Marcos Colvero (Husqvarna 501) # 46 foi o 5º da Moto1 (4h45m07s) na etapa e manteve-se entre os Top 5 da categoria no acumulado.  

O atual campeão do Dakar Manuel Andujar (Yamaha Raptor 700) #107 finalizou a segunda perna da Maratona em 2º nos quadriciclos e está entre os Top10 mais rápidos da geral (entre motos e quadris), na 8º posição. No acumulado o argentino é vice-líder nos quadris mas no Mundial de Rally Cross Country FIM ocupa a 1º posição no ranking, pois o Sertões este ano é válido pelo campeonato mundial para motos e quadris.

Nos UTVs Gustavo Zanforlin/André Munhoz #235 fizeram uma boa corrida de recuperação e terminaram em 2º na UT2 e 9º na geral (4h18m41s), a dupla subiu para a 4ª colocação no acumulado da categoria. Na UTV Over 45 os resultados das duplas foram: Marcos Finato/Guilherme Holanda #252 chegaram a Petrolina em 6º (4h27m03s) e seguem em 10º no acumulado, após seis etapas. Eduardo Teixeira/Túlio Taniguchi #284 completaram em 13º e subiram para a 15ª colocação no acumulado.

Depoimentos sobre a etapa 6 (19/8):

Cristhiano Pressi (Sorriso/MT), estreante na prova, motos – “Mesmo com a moto judiada consegui completar a segunda parte da Maratona em 15º na geral. Mas vamos tentar recuperar a moto para correr mais três dias de rali que prometem ser tão duros quanto esses seis que fizemos.”

Manuel Andujar (Argentina), estreante na prova, Campeão do Dakar 2021 nos quadris – “Fiquei um pouco cansado porque foi uma etapa longa de mais de 315 km. Mas para mim foi a que mais gostei de todo o rali até agora e foi um dia muito bom. Estou muito feliz por estar aqui competindo neste Sertões.”

Gustavo Zanforlin (Barueri/SP), 2ª participação e um título na UT3 em 2020, UTV, “Largamos para prova focados em recuperar os 42 min perdidos ontem (18) na troca do pneu porque o macaco estava quebrado e esperamos até o Finato passar e nos ajudar. Daí hoje conseguimos andar bem, nos recuperamos e fizemos o 9º da geral e 2º na categoria e rali é isso.”

Marcos Finato (Barueri/SP), 11ª participação e um título nas motos Super Production, UTV – “Tivemos de usar da estratégia e vim com mais cautela para terminar a segunda parte da Maratona, sem sustos ou correr riscos. E deu tudo certo, completamos em 6º na categoria.”

Túlio Taniguchi (Avaré/SP), navegador de Eduardo Teixeira, 2ª participação, UTV – “Passamos por várias estradas rápidas e cheias de erosões e fizemos o 13º tempo da categoria e chegamos em Petrolina com equipamento inteiro. No geral foi um dia bom demais e vamos que faltam três dias.”

O destino desta 7ª etapa do Sertões será Delmiro Gouveia, em Alagoas. Serão 239 km de trechos cronometrados nesta sexta-feira, de um total de 441 km. Mais um dia técnico, com trechos travados, sinuosos com piso de piçarra, cascalho e areia, pedras, com alto sem visão, travessias de riachos secos, retas e muitos desafio. O rali termina no domingo, 22, no litoral pernambucano, em Carneiros (Tamandaré).

A Bianchini Rally/Power Husky, com sede em Alphaville/Barueri, tem patrocínio da Rock, Army, Borilli Racing e apoio da Hupi, McDonald Pelz, O Mundo de Maria, Bull Sertões, Vedacit, XRally Team, Máfia do Rally e Petrolam. Mais informações: www.bianchinirally.com.br, Facebook @equipebianchinirally e Instagram @bianchinirally

ROTEIRO SERTÕES 2021

20/8 - 7ª etapa “Lampião”: Petrolina (PE) / Delmiro Gouveia (AL)
DI – 139 km | TE – 240 km | DF – 62 km |TOTAL= 441 km
Local de chegada: Cidade Universitária

21/8 - 8ª etapa “Alagoas”: Delmiro Gouveia (AL) / Arapiraca (AL)
DI – 9 km | TE – 152 km | DF – 87 km | TOTAL= 249 km
Local de chegada: Planetário e Casa da Ciência

22/8 - 9ªetapa “Sertão virou mar”: Arapiraca (AL) / Tamandaré (PE)
DI – 194 km | TE – 133 km | DF – 18 km | TOTAL= 344 km
Local de chegada: Forte de Santo Inácio de Loyola

TOTAL GERAL= 3.615 km | TOTAL DE ESPECIAIS= 2.202 km

MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki
11
99705-7720/mercia.suzuki11@gmail.com
Facebook e Instagram l @msuzukicomunicacao
www.msuzukicom.com.br

 

 

Leia também...
25.08.2021

Michel Terpins/Fabrício Bianchini terminam em 2º lugar no pódio da disputada categoria T1 Brasil e o argentino Manuel Andujar é campeão nos quadris. Time conquistou, pela terceira vez, o Prêmio de Melhor Equipe da competição. O maior rali das Américas terminou no domingo em Pernambuco

23.08.2021

Após oito etapas, Bianchini Rally conquista quatro pódios e também o prêmio de Melhor Equipe do grid. O rali terminou em Tamandaré (PE)

21.08.2021

Na 7ª etapa Finato/Holanda venceram na UTV Over Pró, Manuel Andujar foi o mais rápido nos quadris e assumiu a liderança. No acumulado, Terpins/Bianchini seguem vice-líderes na T1 Brasil, Zanforlin/Munhoz estão em 3º na UT2 e Colvero em 5º na Moto 1. A última Especial será disputada em Alagoas

19.08.2021

Equipe avança na classificação, após a 5ª etapa (Maratona): Terpins/Bianchini seguem vice-líderes na T1 Brasil, Andujar está na vice-liderança nos quadris e Colvero sobe para 5º na Moto 1