Capa

Território Motorsport

Edu Piano/Solon Mendes conquistam o 8º título da dupla: Campeões do Sertões na UTV Over Pro

Rodrigo Luppi/Maykel Justo encerram o rali nos Top 3 da geral e na UTV 1. A 29ª edição teve a final antecipada para este sábado, devido ao cancelamento da 9ª etapa por condições climáticas. Rampa de chegada e Premiação serão em Tamandaré (PE)

21.08.2021  |  1.291 visualizações

Arapiraca (AL), 21 de agosto de 2021 – Os campeões da 29ª edição do Sertões foram conhecidos neste sábado, na cidade do agreste alagoano, Arapiraca, ao final da 8ª Especial. Mas o título será validado somente quando completarem o deslocamento de 320 km (tempo máximo de 6h) até a Praia de Carneiros, em Tamandaré (PE), local da rampa de chegada e onde será realizada a premiação. Devido as chuvas dos últimos dias nesta região, a organização cancelou a 9ª etapa para segurança dos competidores do maior rali das Américas. E neste sábado, a equipe Território Motorsport garantiu dois pódios com Edu Piano/Solon Mendes e Rodrigo Luppi/Maykel Justo.

O título não escapou das mãos de Edu Piano e Solon Mendes #214 que sagraram-se Campeões do Sertões na UTV Over Pro, após liderarem na categoria desde a 4ª etapa, e terminarem entre os Top 10 da geral, em 9º. Este é o 8º título da dupla -mais um na UTV Over 45 (2018) e seis nos Caminhões (entre 2007 e 2014) - que completou em 2021, 15 anos de parceria bem-sucedida. Neste período subiram ao pódio em 14 edições do Sertões. O piloto paulista (Tatuí/SP), na verdade coleciona, agora, nove títulos pois, em 2005, foi Campeão na geral dos Carros, dois antes de fechar com Mendes.

“Foi um rali duro, difícil, do jeito que gostamos, de sair da Especial com o braço doendo, se não, não tem graça. Estávamos brigando por um pódio nos Top 5 da geral também mas tivemos uma correia estourada e nas duas últimas etapas o Stela não funcionou para pedirmos ultrapassagem e perdemos muito tempo na poeira”, explica Piano. “Mostrou que mesmo depois de 26 anos, no meu caso, ainda somos competitivos e vencemos na nossa categoria os dois campeões do Dakar e estou bem feliz”, completa o multicampeão.

Com 23 anos de grid, Mendes comemora mais um título para sua coleção.  “É muita felicidade! Corremos com suspensão e pastilha de freio originais, não tive tempo de me preparar fisicamente mas a vontade de vencer e a Fé em Deus, sempre nos faz superar tudo”, diz o cearense de Fortaleza. “Estou há 16 anos na Território, 15 com Edu, 14 pódios, sendo 8 primeiros lugares, o Sertões faz parte da nossa vida não tem como não estar aqui todos os anos”, destaca.

Rodrigo Luppi/Mayel Justo #202 completam o rali em 3º na geral e 3º na UTV 1. Largaram da Praia da Pipa (RN), no dia 14/8, muito focados e determinados a brigar por um título na geral. Em 2020 foram Vice-Campeões na geral e Campeões da UT2 e, ainda, embalados pelo título inédito que conquistaram para equipe, em fevereiro, quando foram Campeões na geral do South American Rally Race (SARR), no deserto argentino, com duplas de 11 países.  Em cinco das oito etapas deste Sertões estavam entre os cinco mais rápidos da geral (eram 87 UTVs no grid), mas alguns percalços durante o roteiro nordestino prejudicaram a dupla. “Realmente estamos muito alegres com resultado. Só nós sabemos o que passamos e o quanto melhor poderíamos ter ido e quanto também lutamos para chegar até esse 3º lugar na geral. Nossa dupla é muito afinada e evoluímos juntos desde que formei dupla com o Maykel há cerca de três anos, mas nos últimos 10 meses tivemos conquistas em provas importantes no Brasil e no exterior”, afirma Luppi (Vinhedo/SP), bicampeão da prova e com 10 participações.

Já os goianos Lélio Júnior/Weberth Moreira #243 chegaram com UTV novo para esta edição, mas só puderam “treinar” durante os quatro dias do  Rally do Jalapão, em junho. A dupla estava entre os cinco mais rápidos da UTV 3 e vinha numa tocada constante e estratégica, passou pelos dois dias da etapa Maratona e vinha bem, mas nesta 8ª etapa teve problemas no final da Especial e perdeu muito tempo o que tirou as chances de pódio deste ano. “O carro começou a falhar faltando 10km para acabar e com 4 km do final, o motor morreu mas o Nacif passou e nos ajudou. A prova foi maravilhosa. Um dos melhores Sertões que já fiz, se não for o melhor. Só Especiais tops e a logística deste ano foi excelente”, comenta o piloto Lélio Júnior que completou seu 18º Sertões e já conquistou dois títulos nos carros. “Evoluímos demais como dupla, estamos bem entrosados e completamos nosso 3º Sertões juntos. O nível técnico da prova foi ótimo, a planilha sendo entregue minutos antes dá mais emoção, deslocamentos menores, gostei demais, quanto mais difícil melhor e até essa última Especial foi dura”, explica o navegador Moreira.

Luis Nacif/Fausto Dallape #269 fecharam o rali em 6º na UTV Over 45. “A prova foi muito completa e complexa, a navegação foi exigente e os terrenos bem variados e desafiadores. Uma prova bem feita em relação ao roteiro. Me surpreendi de forma positiva, pois conseguiram se superar e fazer uma prova de nível técnico excelente, até dei parabéns ao Edgar (Fabre).”, finaliza o navegador Dallape, que completou 11º participações e estreou na prova em 1998.

Na 8ª etapa, deste sábado, o trecho cronometrado que definiu o rali teve apenas 152 km, o mais curto desta edição, e os resultados das quatro duplas foram: Luppi/Justo em 3º UT1 e 5º geral (2h50m37s); Piano/Mendes em 5º na UTV Over Pro (2h57m37s), Lélio Júnior/Moreira em 11º na UT3 (3h13m47s) e Nacif/Dallape em 17º na UTV Over 45 (3h23m46s). Todos competem com UTV Maverick X3 TM preparados pela equipe.

A Território Motorsport, equipe com sede em Tatuí/SP, tem patrocínio da General Tire e apoio da Petróleo Minuano e Usina Canabrava. Para conhecer mais sobre a equipe: www.territoriomotorsport.com.br, Facebook: @territoriomotorsport4x4, Instagram: @territoriomotorsport e Twitter @territorio4x431h27m43

Classificação Extraoficial UTV Over Pro (seis primeiros)
1) Edu Piano/Solon Mendes – 31h27m43s - Território Motorsport
2) Leandro Torres/João Arena – 32h39m37s
3) José Neto/José Fiuza – 32h55m11s
4) Carlos Melo/George Martins – 34h32m39s
5) Allan Cestari/Weidner Moreira – 34h51m18s
6) Reinaldo Varela/Gunnar Dums – 38h30m15s

Classificação Extraoficial – Geral UTVs (Top 10)
1) Denísio Casarini/Ivo Meyer, (1)UT1, 30h36m29s
2) André Hort/Matheus Mazzei, (2)UT1, 30h52m40s
3)Rodrigo Luppi/Maykel Justo, (3)UT1, 30h55m15s -Território Motorsport
4) João Monteiro/Victor Melo, (4)UT1, 30h58m51s
5) Gabriel Cestari/Jhonatan Ardigo, (1)UT2, 31h11m13s
6) Denísio do Nascimento/Idali Bose (5) UT1, 31h21m12
7) Augusto Montani/ Humberto Ribeiro (2) UT2, 31h23m18s
8) Casey Currie/Sean Laxon (6) UT1, 31h26m26s
9) Edu Piano/Solon Mendes (1) UOP, 31h27m43- Território Motorsport
10)João Dias/João Filipe (7) UT1, 31h55m03s

MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki
11 99705-7720/mercia.suzuki11@gmail.com
Facebook e Instagram l @msuzukicomunicacao
www.msuzukicom.com.br

Leia também...
26.08.2021

Ao lado do navegador Maykel Justo, Luppi terminou em 3º na geral dos UTVs, que contou com um grid de 87 veículos. A 29ª edição teve um roteiro de mais de 3.600 km e foi uma das mais disputadas e duras da história do rali

25.08.2021

Dupla da Território Motorsport conquistou o 8º título, desta vez, na categoria UTV Over Pro, após acelerar por mais de 3.600 km em um roteiro 100% no Nordeste

24.08.2021

Piano, ao lado do navegador Solon Mendes, foi campeão na UTV Over Pro. O roteiro cruzou mais de 3.600 km por sete estados do Nordeste

21.08.2021

Devido às chuvas, etapa 9 foi cancelada. Rali termina, neste sábado, em Arapiraca, em Alagoas, onde serão conhecidos os campeões da 29ª edição