SHIRO

Três pilotos, com apoio da Shiro Brasil, largam entre os Top 10 para a 1ª etapa do Rally dos Sertões

Nove pilotos da categoria motos estão estreando os capacetes espanhóis no grid. No sábado disputaram o Prólogo no Autódromo de Goiânia e, neste domingo, enfrentam o primeiro dia de prova rumo a Formosa

19.08.2018  |  1.052 visualizações

Goiânia (GO), 19 de agosto de 2018 – Três dos nove pilotos da categoria Motos, que estão usando os capacetes MX-917 da SHIRO Helmets, começaram a 26ª edição do Rally dos Sertões com ritmo forte no asfalto e conquistaram boas colocações no Prólogo, disputa ocorrida no sábado (18) que definiu a ordem de largada para a prova, no Autódromo Internacional de Goiânia. Neste domingo, três largaram entre os Top 10 rumo a primeira etapa do rali que tem como destino Formosa (GO): Zé Hélio #4 (Husqvarna TX), em 4º, Andrés Marcondes #42 (KTM EXC 500), em 6º, e Elias Folly #33 (KTM EXC-F), em 7º no grid.

Em sua 23ª participação no rali, o pentacampeão Zé Hélio, de 39 anos, ficou em 4º na geral e 2º na Super Production, com 5m54s. Já Marcondes, 51 anos, ficou em 1º na Over 45 e em 6º na geral, com 5m59s. “Eu me preparei e deu tudo certo. A expectativa é baixar essa adrenalina, pois será uma especial muito difícil e o importante é terminar a prova com segurança, poupar o equipamento, que ainda tem muita coisa pela frente”, diz o piloto. E logo atrás ficou Folly, 41 anos: 3º lugar na Production Aberta e 7º na geral, com 6m00s. “O objetivo foi concluído. A expectativa era estar entre os dez primeiros e cheguei em sétimo está ótimo. Vou fazer uma prova bem centrada, porque o percurso é muito sinuoso e perigoso. O objetivo é percorrer o caminho bem consciente para chegar na final”, afirma Folly, paranaense que lidera o Campeonato Brasileiro de Rally Baja (Super Production).

O paulistano Tiago Fantozzi #30, 40 anos, (campeão em 2001), em sua 14ª participação no Rally dos Sertões. “O Prólogo foi diferente, pois estamos mais acostumados com a terra”, diz Fantozzi, que está na inédita categoria Self, na qual o próprio piloto faz a manutenção na moto. “Optei por usar um pneu de terra, já que não tinha o auxílio mecânico. Faz muito tempo que não participo do rali, então fiz um Prólogo consciente e acelerado, acho que foi legal”, diz o piloto que fez o 5º tempo na Super Production (6m46s). E sobre o primeiro dia: “É uma etapa muito longa, técnica e dura, que exigirá muita navegação. Acho que vamos pegar muito pó, será uma aventura”, completa.

André Cheron #32 (KTM EX), 43 anos, fez o 16º tempo na geral (6m14s). “Fiz um Prólogo tranquilo e queria ter ficado entre os 20 e consegui. Para esse primeiro dia o objetivo é me manter entre os 20 primeiros”, diz o piloto da Marathon. No total são 64 motos no grid. Em 18º na geral ficou Neto Malassise #59 (KTM EXCF), também da Marathon. O paranaense faz sua estreia no grid e aprovou acelerar no asfalto mas não vê a hora que levantar poeira: “Foi apenas para esquentar, a prova mesmo começa neste domingo e já vou estrear numa das Especiais mais difíceis e exigentes da edição, vamos que vamos.”

Josemar Ferro #44 (Kawasaski KLX450R), 47 anos, ficou com o 33º tempo e em 7º na Over45. Em 40º na geral, Luiz Fernando Nutti #37 (KTM EX), 49 anos: “A ansiedade agora já era pois demos uma acelerada. Então é esperar o melhor nesta primeira etapa que promete”, diz o paulista. Outro estreante no grid é Dimas Barreira #52 (KTM EX 450), 41 anos, vice-campeão de Motovelocidade no Ceará (2014),  que gostou muito do Prólogo: “Foi só o esquenta, demos uma acelerada e amaciamos o motor.”

Os nove pilotos estão equipados com o modelo MX-917, produzido em composto de carbono com forro interno removível, antialérgico e lavável, com sistema de retenção Duplo D e pesa apenas 1,150gr - ainda exclusivo, pois chegará ao mercado nacional no final do ano. O diretor executivo da SHIRO Brasil, Marcos Finato, piloto Campeão do Rally dos Sertões 2010 na Super Production, aposta muito nos pilotos que estão usando os capacetes da marca. “O Prólogo foi muito produtivo, os pilotos apoiados pela Shiro ficaram bem colocados, três entre os 10 melhores na geral, fantástico”, afirma Finato.  “A primeira etapa terá uma Especial muito longa e técnica, será quebradeira e exigirá demais do físico e do equipamento dos pilotos. Quem tiver usando capacete SHIRO vai ter vantagem, por ser muito leve e cansar menos o pescoço do piloto”, conclui

A 1ª etapa vai de Goiânia a Formosa (GO), com 315 quilômetros de Especial (trecho cronometrado) e total de 690 . Será uma das mais duras e completas. Estradas de piçarra e piso pedregoso serão constantes neste dia. O Rally dos Sertões 2018 vai de Goiânia a Fortaleza, 19 a 25/8 e terá um total de 3.607 quilômetros.

SHIRO Brasil - Representada pela TWP, a SHIRO Brasil, nasceu a partir de uma conversa informal entre dois amigos apaixonados por motos e off-road. A intenção era oferecer um produto de design inovador e de qualidade foi então que decidiram trazer a marca espanhola de capacetes SHIRO Helmets para o mercado nacional. A empresa foi constituída em fevereiro de 2017, mas apresentada ao mercado em novembro do mesmo ano, durante o Salão de Duas Rodas. Aliou-se a experiência de Marcos Finato em gerir grandes negócios, aos 20 anos de Théo Lopes no mercado de duas rodas e a vasta expertise de Luciana Barreto no setor de Relações Internacionais, também no segmento. A SHIRO foi fundada há 25 anos por Antonio Tomás, na região de Múrcia, na Espanha, a marca está presente em mais de 70 países.

Roteiro 26ª edição Rally dos Sertões (19 a 25/8)

Domingo (19/08)
1ª Etapa: Goiânia (GO) – Formosa (GO)
Total do dia: 690 km (300 km trecho cronometrado)

Segunda (20/08)
2ª Etapa: Formosa (GO) – Posse (GO)

Total do dia: 386 km (307 km trecho cronometrado)

Terça (21/08)
3ª Etapa: Posse (GO) – Luís Eduardo Magalhães (BA)

Total do dia: 350 km (255 km trecho cronometrado)

Quarta (22/08)
4ª Etapa: Luís Eduardo Magalhães (BA) – Barra (BA)

Total do dia: 478 km (355 km trecho cronometrado)

Quinta (23/08)
5ª Etapa: Barra (BA) – São Raimundo Nonato (PI)

Total do dia: 446 km (400 km trecho cronometrado)

Sexta (24/08)
6ª Etapa: São Raimundo Nonato (PI) – Juazeiro do Norte (CE)

Total do dia: 603 km (226 km trecho cronometrado)

Sábado (25/08)
7ª Etapa: Juazeiro do Norte (CE) – Fortaleza (CE)

Total do dia: 654 km (200 km trecho cronometrado)

Total geral: 3.607 km

Assessoria de Imprensa SHIRO Brasil
MSuzuki Comunicação
Mércia Suzuki (11 99705-7720 /mercia.suzuki11@gmail.com.br)
Deborah Ferreira (11 97252-2360 /
deborahritaferreira@gmail.com)
www.msuzukicom.com.br

  • Zé Hélio com os diretores da Shiro Brasil, Marcos Finato e Théo Lopes
    (Divulgação)

  • Marcondes #42 fez o sexto tempo da geral no Prólogo
    (Marcelo Machado/Fotop)

  • Fantozzi com o seu capacete MX-917. Piloto irá na categoria Self nesta edição
    (Marcelo Machado/Fotop)

  • O paranaense Folly #33 classificou-se com em sétimo no grid
    (Marcelo Machado/Fotop)

  • Alguns pilotos, com apoio da Shiro, reunidos antes da Largada Promocional em GO
    (Divulgação)

  • Cheron #32 fechou com o 16o tempo e cumpriu o objetivo proposto
    (Ricardo Leizer/Fotop)

  • Malassise #59 animado com sua estreia no grid
    (Vinícius Ferraz/Fotop)

  • Nutti #37 durante o Prólogo, disputado no asfalto
    (Divulgação)

  • Barreira #52 durante a Largada Promocional
    (Vinícius Ferraz/Fotop)

Leia também...